Volte ao SPIN

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Realidade expandida: inserindo informações digitais no mundo real

Por Guilherme Felitti, repórter do IDG Now!

Teoricamente, passeios por cidades ainda aconteceriam sem grandes problemas se você não tivesse um celular com a plataforma ou preferisse não receber o podcast argentino, mas o passeio de torna mais rico para o turista com a introdução de informações por meio de um canal telecomunicacional - o celular, no caso.

Basicamente, a realidade expandida mistura informações fornecidas por um equipamento comunicacional, seja ele seu telefone ou seu notebook, a uma paisagem real, criando um ambiente híbrido muito mais rico para o usuário.

Cronologicamente, a realidade expandida se situa entre o mundo real, onde não há introdução de dados, e dos mundos virtuais, que apelam para ambientes totalmente criados por computador que contam com camadas de dados introduzidas em um background também virtual.

Atualmente, a rede social Second Life, da Linden Labs, é o melhor exemplo de aplicação prática dos mundos virtuais - você cria um avatar que lhe representará virtualmente em um ambiente tridimensional imersivo, conhecido academicamente como metaverso, moldado para emular o mundo real.


Leia mais

Fonte: http://idgnow.uol.com.br/10anos/2007/10/31/idgnoticia.2007-10-31.1721951100/paginador/pagina_2

Nenhum comentário: